Dinamarca vence Camarões na noite clara de verão

em

Assisti ao jogo Dinamarca versus Camarões ao lado do meu marido, que é dinamarquês. No primeiro tempo só fiquei dando uma olhadinha de vez em quando na telinha. Para falar a verdade, não colocava muita fé no time vermelho e branco. Mas devo dizer que a boa atuação dinamarquesa me surpreendeu e acabei prestando mais atenção ao jogo no segundo tempo.

Até que tentei torcer para a Dinamarca, o que é um exercício um tanto quando desanimador. Quando o time fez o primeiro gol, fiquei esperando para ouvir gritos de júbilo ecoando pela cidade de Copenhague. Mas que nada. As ruas do bairro onde moro continuaram desertas, a noite clara de verão se manteve inalterada, pontilhada apenas pelo canto de um pássaro aqui, outro acolá e pelo som distante da autoestrada vizinha do quarteirão.

Aí veio o segundo gol da Dinamarca. Desta vez, pensei, a reação entusiasmada dos torcedores vai se fazer ouvir. Abri a janela da sala e esperei: um, dois, três, quatro, cinco e… nada. Decepção. De novo tudo calmo e plácido. Nenhum berro de alegria, nenhum fogo de artifício, nenhuma buzina. Que paz! Que tranquilidade! Enfim, que chatice!

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

  1. Querida Ilaine,Talvez eu more no país errado, mas definitivamente não moro na cidade nem na rua errada. Na verdade, adoro minha rua: tranquila, onde quase não passam carros, o que é fantástico para as crianças, ótimos vizinhos etc. Mas na hora de festa, sinto falta, e muita, do Brasil e dos brasileiros porque, como diz Caetano "respeito muito as minhas lágrimas, mas ainda mais minha risada …". E me reservo o direito de continuar sentindo uma saudade imensa, vasta do meu país. Abraços e, se você ainda torce pelo Brasil,parabéns pela vitória de ontem à noite

    Curtir

  2. Ilaine disse:

    Então você mora na rua errada. Na minha tinha festa até de madrugada, foi impossível dormir. Sem falar da festa do centro. Torço de coração para a Dinamarca, e é um exercício delicioso. Sim, uma chatice, o carnaval no Fælledparken, a festa das culturas na beira do cais, as noites claras, os cafés, o mar, as flores, o verde, os cruzeiros na Langelinie, Roskilde Festival, os parques lotados, a meninada bonita, as bicis. Ah, Copenhague! Enfim, uma ADORÁVEL chatice!

    Curtir

  3. Queridinha, venha para o Brasil!!! Rss…. Chega uma hora que a gente grita: que chatice!!! NÃO AGUENTO MAIS BARULHO!!!! Mas no final das contas, a gente acha legal!Bjcas

    Curtir

Seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s