Vitamina D e sol

Description unavailable
Foto de NFR,via Flickr

Acabei de consultar a página do serviço meteorológico da Dinamarca e fiquei sabendo que hoje em Copenhague o sol despontou às 7:53 e desapareceu no horizonte às 15:55. Aqui os dias curtos vão ficar ainda mais curtos até 21 de dezembro, quando terão apenas cerca de sete horas de duração.

Nesta época não me arrisco e sigo a recomendação das autoridades sanitárias dinamarquesas, que aconselham pessoas de pele escura ou que têm pouca exposição à luz solar a ingerir vitamina D nos meses de inverno. Além da vitamina D, também é uma boa ideia enfrentar o frio e sair ao ar livre para tentar se expor ao sol durante as poucas horas do dia.

Mas na Dinamarca nem sempre somos privilegiados com o ar da graça do sol. Além de curtos, os dias são frequentemente tão nublados que a camada de nuvens que cobre o céu mais parece um teto. Olhamos para o alto, sabemos que o sol está ali, atrás daquela camada espessa de nuvens, mas quase não conseguimos vê-lo.

Aí dá para entender porque os dinamarqueses gastam tanto com a iluminação das ruas e interiores públicos e residenciais. Esta é a temporada em que até um almoço rotineiro na cantina do trabalho ganha uma vela sobre a mesa. Ruas e lojas são decoradas com milhares de luzes de natal e nos bairros residenciais, despreocupadas com o efeito estufa e a conta de eletricidade, as pessoas enfeitam janelas, varandas e jardins com lâmpadas que, em muitos casos, continuam sendo ligadas todos os dias até o começo da primavera.

Enhanced by Zemanta
Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. Ótimas dicas, Margareth .
    Agradeço !

    Curtir

    1. Eu é que agradeço a leitura. Volte sempre!

      Curtir

  2. Ah, eu quero me mudar pra aí “amanhã”, dona Margareth. rs Mesmo com todo o frio e obstaculização solar pelas nuvens. Pra me preparar bem antecipadamente, gostaria que, quando a senhora tiver um tempionho disponível, pesquise pra mim para me dizer qual é o dicionário de dinamarquês para inglês (e vice-versa) e/ou dinamarquês para pt-br (ou vice-versa) que a senhora recomenda pra que eu comece meus estudos. Tudo de bom ! Bom sol ! 😀 Um abraço caloroso do brasileiro aqui também por parabenização pela qualidade sempre aprazível do seu site.

    Curtir

    1. Obrigada pela leitura, Ricardo. Quanto a vir morar na Dinamarca, talvez fosse uma boa ideia procurar a Embaixada Dinamarquesa no Brasil para saber quais as exigências legais para residência de estrangeiros aqui. Pelo que sei, se você não está inscrito num curso numa instituição dinamarquesa ou não tem emprego numa empresa daqui, pode ser bem complicado se mudar para viver em qualquer país da Europa. A Embaixada talvez também possa indicar cursos de dinamarquês.

      Curtir

Seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s