Pena

Flower by @Doug88888
Foto de @Doug88888oto (CC)

Ele não conseguia tirar da cabeça a imagem do ditador ensanguentado levando uma bofetada. Ao vê-lo cair no chão com um chute dado pelos revolucionários, não resistiu e, como um cristão sincero, sentiu pena. Pensou que devia ser errado sentir compaixão por um ditador brutal, mas o pensamento não diminuiu o que sentia: pena.

O sentimento não era apenas pelo ditador. Sentia também pena dos algozes do ditador. O sentimento se estendia aos seus próprios filhos dormindo no quarto ao lado, aos filhos de seus amigos e vizinhos e de todos os filhos que ainda estavam por nascer.

A imagem do ditador sendo espancado e humilhado por homens que deveriam libertar o povo oprimido sempre vinha associada à imagem dos seus próprios dormindo no quarto ao lado. Deitou-se sem compreender porque sua mente fazia aquela associação. No meio da noite acordou assustado: tinha medo do mundo em que seus filhos estavam crescendo. Horrorizado, havia descoberto que não tinha mais esperança, que o otimismo que aparentava ter era uma fachada, uma estratégia para pular de um dia para o outro e sobreviver num mundo no qual não conseguia se encaixar.

Temia pelo dia em que não estaria mais ali para proteger seus filhos daquele mundo de ditadores e se apavorava com a monstruosidade dos libertadores. Temia pelo dia em que seus filhos percebessem a extensão da maldade do mundo e ele não estivesse mais ali para consolá-los.

A imagem do ditador ensanguentado o perseguiu na noite que passou a ser insone. Deixou a mulher dormindo no quarto e se refugiou na penumbra da sala. E aí, sentindo-se ridículo, chorou no meio da noite, como uma criança. Chorou pelas vítimas dos ditadores e pela crueldade vingativa dos libertadores. Chorou por sua desesperança, seu desencanto e pela manhã seguinte, quando teria de mentir novamente para seus filhos, fingindo que ainda acreditava na bondade de alguns homens.

(Nota: Faz algum tempo que escrevi esse texto, mas só agora senti que era necessário publicá-lo)

Enhanced by Zemanta
Anúncios

Seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s