O biscoito da Maria

Biscoito Maria na versão dinamarquesa.
Biscoito Maria, ou melhor, Marie.

Descobri em uma matéria do jornal dinamarquês Politiken a origem do biscoito Maria. O jornal está publicando uma série de matérias para desfazer mitos alimentares. O biscoito Maria foi incluído porque muitos acreditavam, erroneamente, que ele fosse invenção dinamarquesa. De acordo com a matéria do jornalista Lars Dahlager, o biscoito Maria foi criado pela fábrica britânica de bolos Peek Frean em homenagem a Maria, a filha do imperador russo Aleksander II que, em 1874, se casou com o príncipe Alfred, duque de Edimburgo.

Quando cheguei à Dinamarca, quase vinte anos atrás, me surpreendi ao encontrar o biscoito da minha infância em praticamente todo supermercado do país. Aqui, embora seja chamado “Marie”, o biscoito tem o mesmo gosto e aparência daquele que eu, menina, adorava enfiar num copo de café com leite e depois enfiar na boca com a massa quase desmanchando. No Wikipedia, fico sabendo que o biscoito Maria não foi copiado apenas no Brasil e na Dinamarca: ele é produzido em 44 países.

Curioso saber que em tantos países há gente comendo a tal bolacha. Me pergunto se em algum lugar por aí alguém a come do jeito que eu também costumava comer quando era criança: usava manteiga para grudar bem um biscoito ao outro. Depois apertava o meu sanduíche de manteiga só para ver fios da gordura saírem pelos buraquinhos que decoram a bolacha.

O jornalista do Politiken classificou o biscoito, com seus furinhos e bordas decoradas com meandros, como “extremamente ornamentado”. Devo mesmo ser muito rococó porque sempre achei o biscoito Maria um exemplo de singeleza visual.

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. Kico disse:

    Margareth, procurei no site do Politiken uma versão em inglês do Jornal e não encontrei. Você sabe de algum outro bom jornal ou blogs dinamarqueses/suecos que ofereçam essa opção? Em português já seria querer demais, mas aí está você. Gostei do que escreve e de como comenta.
    Obrigado e abraços.

    Curtir

    1. Kico, me alegra muito saber que você gosta dos meus textos.
      O Politiken não traduz todos os textos, mas tem um site em inglês neste endereco: http://politiken.dk/newsinenglish/ Outros dois sites com notícias da Dinamarca em inglês são o Copenhagen Post (http://cphpost.dk/) e o The Local (http://www.thelocal.dk/). Abraços.

      Curtir

  2. mariagbco disse:

    Me fez voltar à infância também, pois adorava comer esse biscoito, dizia que era meu biscoito, pois tinha meu nome ..rsrsrs

    Curtido por 1 pessoa

    1. Que bom que o texto tenha lhe trazido boas memórias, Maria. Obrigada pela leitura. 🙂

      Curtido por 1 pessoa

Seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s