Um amor de cordialidade

“Mãe, a moça te chamou de querida”, observou minha filha de seis anos depois de ouvir como a vendedora de uma farmácia havia se dirigido a mim para explicar que o estabecimento não tinha o produto que eu estava procurando. No dia seguinte, outra razão de estranhamento: “Mãe, ela te chamou de amor!”, ela reagiu…

Nossa Campos mapeada

Encontrei pouca informação na internet sobre servicos e atrações em Campos. Comecei então a montar meu próprio mapa Google com localização das minhas descobertas na cidade e redondezas. Irei atualizando o mapa na medida em que descobrir pontos interessantes. As informações serão em inglês pois assim poderá talvez ser útil aos estrangeiros que são esperados…

Mapeada até o pescoço

Esses meus primeiros dias tentando entender a geografia de Campos dos Goytacazes me fazem lembrar meus primeiros anos em Copenhague, embora a tarefa atual seja bem mais simples do que a de 14 anos atrás. Aqui, se não acho um lugar, é só perguntar a alguém. Em Copenhague eu poderia, naturalmente, fazer o mesmo, mas…

“Borboleta na barriga”

O anúncio do meu retorno ao Brasil deixou alguns dos meus parentes preocupados. Para eles, depois de viver 14 anos num dos países colocados no topo dos rankings de desenvolvimento, me readaptar à terrinha pode ser uma tarefa dolorosa. Me falaram de reportagens sobre brasileiros atingidos por crises de depressão causadas pelo encontro com a…