Vai passar

Chico Buarque de Hollanda Vai passar Nessa avenida um samba popular Cada paralelepípedo Da velha cidade Essa noite vai Se arrepiar Ao lembrar Que aqui passaram sambas imortais Que aqui sangraram pelos nossos pés Que aqui sambaram nossos ancestrais Num tempo Página infeliz da nossa história Passagem desbotada na memória Das nossas novas gerações Dormia…

Ilusão

Tenho me sentido incapaz de escrever nas últimas semanas. Anos atrás, minhas tragédias pessoais serviram de combustível para minha vontade e capacidade de escrever, mas o atual drama político brasileiro, no lugar que chamo e sempre chamarei de casa, me choca, entristece e emudece. Tudo sobre o que quero escrever é insignificante e sem importância…